top of page

A IMPORTÂNCIA DE SE ESPECIALIZAR NAS APOSTAS

Atualizado: 1 de mai. de 2020


A importância de se especializar em algumas ligas: Como qualquer outra pessoa, eu comecei no mundo das apostas apostando em tudo que era campeonato e até então não tinha noção de que existisse importância em se especializar em determinadas ligas ou países. Depois de estudar muito e ver qual era o meu objetivo dentro das apostas, notei que seria importante ser especialista em poucas ligas e aqui falo que isso foi um divisor de águas para mim, pois foi depois dessa decisão que comecei a evoluir como apostador, em minha opinião não dá pra você ser especialista em 20 ligas, em 10 países, por isso o foco é essencial e uma hora ou outra você vai ter que tomar essa decisão e isso será uma evolução enorme em sua carreira.


Por que me especializei nas ligas Brasileiras: Pessoas que me conhece há mais tempo sabem que meu foco nas apostas sempre foi buscar investidores/sindicatos, apenas pelo fato de nunca ter condições de fazer aporte em minha própria banca, então eu enxergava nos investidores e nos sindicatos como minha “esperança” para vencer nesse mundo. Então comecei a estudar como atrai-los e foi ai que vi vídeos do Sergio e do Danilo Pereira falando sobre a importância de trabalharmos com ligas nativas, foi ai que decidi me especializar apenas nas ligas Brasileiras, pois meu objetivo de carreira estava atrelado a isso. Essa decisão me fez evoluir muito e através dela estou começando a trilhar o caminho que sempre sonhei.


Pros e Contras:


Pros: 1º: Para mim o primeiro grande bônus é o conhecimento das equipes, meu método de precificação é baseado 95% em fatores subjetivos e é primordial saber até quem é o roupeiro da equipe. 2º: A questão do valor, pois nós, apostadores temos mais informações que as Bookies, então teoricamente é “mais fácil” encontrar valor, em comparação a um evento da Premier League. 3º: o meu foco, que era investidores/sindicatos foi alcançado, no inicio de 2020 um sindicato de Londres entrou em contato comigo, via Blogabet e eles ficaram muito felizes quando falei que trabalhava apenas com ligas nativas. 4º: sei que vou ser meio parcial, mas o quarto bônus, é que eu amo esses times, e me dá prazer apostar e vê-los jogarem.


Contras: Talvez vez o primeiro ônus, seja a questão de ser um mercado mais sensível, e que as odds caiam muito rápido na abertura do mercado por conta dos baixos limites, tem jogo de alguns estaduais que abrem com limite de 100,00 ai fica ruim de fazer um investimento para um sindicato. (Por isso trabalho apenas com Handicap Asiático e gols nas linhas Asiáticas e com limites mais altos, ou seja, dependendo do jogo, isso acontece apenas no dia do evento). 2º: O segundo ônus, talvez para muitos, igual a mim, não seja tolamente um ônus, que é a questão do espetáculo, com certeza a beleza dos jogos das ligas europeias são bem mais atrativas do que as daqui, mas isso é bem relativo, eu mesmo gosto mais de assistir São Caetano vs Portuguesa, na serie A2 do Paulista, do que um clássico inglês. eu sei.. rsrs podem me chamar de maluco, mas um maluco beleza rsrs. 3º: O terceiro é a questão do padrão das equipes, conheço muitos Tipsters que trabalham nas ligas Europeias, e falam que lá não existe tanta oscilação das equipes igual aqui no Brasil e isso dificulta as analises.


Minha Opinião: Na minha ótica vejo que o Tipster tem que ter seus plano de carreira, e sempre tomar decisões que leve ele cada vez mais pra perto de seus objetivos dentro das apostas, e claro, também tem a questão da lucratividade, que você deve apostar onde você é mais lucrativo, mas mesmo assim você tem que levar em consideração seu plano de carreira como investidor esportivo. Eu não tenho nada contra as ligas Europeias, muito pelo contrário, lá o jogo é mais bonito e atrai mais o público, mas você tem sempre que remar cada vez mais para perto de sua ilha, de seu foco e hoje eu indico as pessoas, caso tenha bem definido seu foco, que trabalhe nas ligas que mais conheçam e que se especializem nelas. Tenha foco, disciplina e não queria abraçar o mundo com uma mão só. E lembrem-se sempre da importância de se especializar em algumas ligas, pois: “Um homem que toca 7 instrumentos, não toca bem nenhum.” FOCO É ESSENCIAL.






52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page